Pular para o conteúdo principal

Postagens

Destaques

Rei Arthur: A Lenda da Espada

Existem casos interessantes de filmes que utilizam recursos diferenciados para contar uma história. Pode citar o exemplo de The Love Witch que utiliza os efeitos e recursos do movimento giallo para contar uma história romantica de uma bruxa. Ou a rotoscopia digital que foi utilizada em A Scanner Darkly de Richard Linklater para adaptar um conto de Phillip K. Dick. Já o novo filme de Guy Ritchie, Rei Arthur: A Lenda da Espada, faz algo que é bem recorrente da sua filmografia que é seu estilo frenetico de edição e cortes rápidos. Entretanto, não é um tipo de recurso que ajuda a contar uma história classica.
Na visão de Guy Ritchie existe a questão dos elementos classicos do conto: a existencia de Excalibur, que ela foi tirada de uma pedra e aquele que tira essa arma da pedra, se tornaria o novo rei da Inglaterra. Entretanto a visão de Ritchie detem todos os elementos que todos conheceram desde seus primeiros filmes. Entretanto, como a história de Arthur é além de classica e querida por m…

Últimas postagens

The Void e The Love Witch

Vida

Resident Evil: O Capítulo Final

Animais Noturnos

Animais Fantásticos e Onde Habitam

7 Anos e um saída para o cinema brasileiro

Sete Homens e Um Destino (remake)