Shutter





Tum é um fotografo free lancer (ou estagiário) que tem uma vida comum, junto com isso tem uma namorada Jane que é uma estudante universitária. Mas depois de um acidente que envolveu o casal e uma jovem, estranhos fatos começaram a atormentar a vida dos dois e principalmente Tum, por que a maioria das fotos que veio tirar depois do acidente mostrava feixes brancos inexplicáveis. Agora o casal tentará entender esse mistério antes que seja tarde demais.

Shutter ou Espíritos – A Morte Está Ao Seu Lado mais um exemplar de horror oriental que chegou com um atraso incrível ao Brasil. O país de origem do filme é a Tailândia e que de todos os paises orientais, é que tem o cinema mais fraco, ou menos expressivo. Nos últimos anos despontou em disparada foi a Coréia do Sul depois o Japão, mas nos últimos anos eles tentam crescer na área do horror, mas ainda a maioria dos títulos não foram ainda explorados ou revelados. Mas na Tailândia está mais investindo no cinema de ação do que de horror, Ong Bak e O Protetor são os mais fortes exemplos.

O roteiro do filme é mais ligado à religião e a crença dos orientais sobre fantasmas, mas toca em um ponto real e importante que são as fotos que de um jeito inexplicável tem espectros e faz com que esse tema dê ao filme uma força extra e assustadora. A trilha sonora do filme é algo de praxe que tem pro gênero, uma boa trilha e nada de mais. O elenco não tem nenhuma atuação extraordinária, mas o ator principal é que dá uma atuação acima do normal para o gênero e fora de ele parecer muito com Orlando Bloom, o cara é tão igual a Orlando que até os erros de atuação, os dois cometem os mesmos erros. A direção do filme é acima da media dos filmes de horror orientais e principalmente para o cinema tailandês que tem uma nula expressão para o cinema de horror.

Um filme de horror oriental forte, muito bom, com todos os elementos que consagram esse gênero, cenas inesquecíveis de agonia e desespero, mas que foi incrivelmente afetado pela má repercussão que o gênero ganhou no meio do mundo e principalmente no Brasil que a maioria é vitima de chacotas e piadas sem sentido. Um bom filme de fantasmas, mas que se tivesse lançado uns 3 anos atrás ... Os olhos seriam outros.

7,5

Comentários

  1. Espíritos foi uma das coisas mais constrangedoras q tive coragem de ver no Cinema.Primeiro prq acabei indo assistir a este em vez de V de Vingança por insistência de um colega meu de faculdade, e segundo pelas bizarrices q o roteiro propões.O q vem a ser aquela cena no banheiro público?E de fato, a atuação do protagonista é digna de se comparar às de Orlando Bloom em filmes como Tróia e O Senhor dos Anéis.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas