Lanterna Verde

Sabes quando se enfrenta aquele tipo de projeto que começou divulgando mal e depois mudam a tonalidade para ver se melhora a situação e mesmo assim continuas com a idéia que pode ser fraco? Bem, sem duvida isso será o pensamento de muitos que irão conferir Lanterna Verde, novo filme do herói da DC Comics que saiu esse ano estrelado por Ryan Reynolds. O filme mesmo com a tecnologia 3D, não conseguiu alcançar o status dos últimos filmes da DC que tiveram um retorno expressivo. A pergunta que se realiza no final do filme, valeu a pena ver?

Diferente dos filmes da Marvel que saíram esse ano que tiveram temas que conseguiram explorar ainda mais o universo dos mesmos como rivalidade familiar, propagandas políticas e as diferenças éticas sobre a humanidade, o filme do Lanterna Verde se baseia na concepção pura ou pelo menos uma construção simples de um herói, ou seja, um rapaz que ganha incríveis poderes e que nos momentos de duvida, seus valores fazem a diferença para ser um herói digno.

Talvez que nessa construção digna está em sua falha. Poderia se disser que é uma construção tão simples, tão direta, que a soma de tudo, é pobre. Diálogos simples, sem algo profundo a questionar, apenas entregar uma aventura direta que se sustenta em seus efeitos especiais. Por falar nisso, pelo menos o trabalho 3D desse filme é bem interessante, até mais satisfatório das conversões de 3D esse ano. Pelo menos o que podemos dizer é Reynolds convence como herói, a Blake Lively como a mocinha, e Peter Saargard como vilão. (E ainda bem melhor do ridículo visto em Plano de Vôo).

Lanterna Verde é aquele tipo de filme de super-herói que não vai mudar a estética do cinema como foi com outros filmes da DC, mas pelo menos consegue ser aquela aventura que dá para assistir em um final de semana com a família. Talvez os pequenos se sintam mais atraídos já que a formula de ser um herói (ou pelo menos uma pessoa melhor) se torna uma boa lição para eles. Não tá no nível de Batman e Robin, mas tão pouco há de cobrar um Batman Begins a um filme que só foi feito para pura diversão.


Ficha Técnica
Lanterna Verde (Green Lantern)
Diretor: Martin Campbell
Elenco: Ryan Reynolds, Blake Lively, Peter Saargard, Mark Strong, Angela Bassett e Tim Robbins
Gênero: Ação/Aventura
Cotação: 65% ***

Comentários

  1. Não vi esse filme. Verei somente em vídeo. Os trailer do Lanterna não me agradaram, bem bizarro!
    Só que gosto do Ryan Reynolds. Esteve ótimo em "Enterrado Vivo" - só que o raio nao cai duas vezes né? Aliás, como no desenho da liga da justiça, gostaria de um ator negro no papel do Lanterna. Mais adequado.

    Abs.

    ResponderExcluir
  2. Nossa cotação pro filme foi a mesma. Acho que, se a pessoa assistir ao longa propícia a se esquecer das inúmeras falhas do roteiro, e enfocar o olhar somente na ação, perceberá que "Lanterna Verde" não é um filme tão ruim assim... O erro maior da obra foi apostar que teremos futuras continuações. E isso depende do público e da crítica... E não sei se ambos abraçaram esse filme tanto assim...

    ResponderExcluir
  3. Espero que o filme seja realmente um entretenimento descomprimissado, pois as minhas expectativas são das mais negativas. Ao julgar pelo material de divulgação, a concepção visual do filme é para lá de extravagante.

    ResponderExcluir
  4. È a critica mais positiva que li sobre esse filme até agora, já que o trailer me deixou com enxaqueca, é muito verde para meu gosto. rsrsrsrs. Talvez, dou uma chance a ele. ;)

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas