Pineapple Express - Segurando as Pontas

Pineapple Express – Segurando As Pontas, novo filme da trupe de Apatow talvez seja um dos filmes mais completos do ano. Estrelado por Seth Rogen e James Franco corre mais uma vez de ter a sua estréia aos cinemas limada e mais uma vez, assim como as ultimas produções de Apatow como Ressaca de Amor e A Vida É Dura ir diretamente as locadoras. E mais uma vez, a trupe de Apatow acerta, porém de um jeito diferente.


Dale Denton é um agente judiciário que tem como serviço entregar citações, uma namorada que ainda está na escola e tem praticamente uma vida ordinária, comum. A não ser por uma coisa, ser um maconheiro. Ele tem como melhor amigo, o seu próprio traficante, o totalmente dopado Saul, que mostra um tipo raro de maconha chamada Expresso Abacaxi. Antes de entregar mais uma citação judiciária, ele puxa a erva e sem querer testemunha um assassinato envolvendo um poderoso e uma policial. O problema é que durante a fuga, ele joga a bituca da maconha e o assassino sabe quem é o único proprietário da maconha, o dopado Saul. Daí começa uma caçada no mínimo, bizarra.


A história de Seth Rogen, Evan Goldberg e Judd Apatow poderia gerar de inicio um longo e cansativo debate sobre o uso e legalização da maconha, mas por sorte o próprio filme fica longe disso e tem todos os recursos da trupe como diálogos dinâmicos, humor rasgado e a valorização da amizade. Nada contra isso, é bom demais a dinâmica deles em tratar de assuntos sensíveis dando mais qualidade ao cinema. Mas para alguns já pode ser considerado um ponto de cuidado já que quando se repete demais um tema, o medo da previsibilidade no próximo filme deles se torna prioridade, mesmo com o filme sendo bom.


Quando todos dizem que James Franco deu uma atuação incrível, acreditem, é uma certeza. Como o traficante boa índole Saul, James Franco dá um show incrível e ainda protagoniza os momentos mais engraçados do filme e inclusive o momento mais dramático. Também Seth Rogen dá vida a Dale Danton um personagem desengonçado, mas que consegue cativar o espectador e rir dele em muitos momentos. E continuem ficando de olho em Danny McBride, o cara realmente tem um faro pra comedia que é de tirar o chapéu.


Mesmo com o roteiro mostrando padronização das histórias de Apatow e companhia, o diferencial está na direção. O nome de David Gordon Green foi a escolha mais acertada para essa produção. Mesmo carregando na bagagem filmes extremamente sérios, Green consegue captar momentos incríveis nesse filme principalmente nas seqüências dramáticas e de ação, dando destaque a perseguição com os carros da policia.


Segurando as Pontas consegue ser um projeto de resultado inusitado. Ao mesmo tempo consegue ser o menos engraçado da trupe, tem como contra ponto em ser um filme de ação/suspense acima da media. Soa muito como uma fita de ação sendo protagonizado por dois chapados onde cada vez que ficam doidões mais a diversão aparece. Não pode ser um filme para rir, mas mesmo assim é um grande filme.


Ficha Tecnica
Pineapple Express - Segurando as Pontas (Pineapple Express)
Diretor: David Gordon Green
Elenco: Seth Rogen, James Franco, Gary Cole, Rosie Perez, Amber Heard, Nora Dunn, Kevin Corrigan, Craig Robinson, Ed Begley Jr., James Remar, Bill Hader e Danny Mcbride
Gênero: Comédia/Drama/Ação/Suspense
Cotação: 71% - Filme Indispensável

Comentários

  1. Seth Rogen leva muito jeito pra esse tipo de filme!!!

    ResponderExcluir
  2. Quero muito ver esse filme. Não sei como não apelei para o torrentzinho ainda hehehehe.
    Também quero muito ver Tropic Thunder.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Muito bom texto, João. Vou procurar ver este filme... vc não é a primeira pessoa que o elogia.

    E pelo o que parece, não é o tipo de comédia pastelão...

    Abraços!

    ResponderExcluir
  4. É comédia do ano, na minha opinião!

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Olá, JP. Tdo bem?

    Judd Apatow e Seth Rogen é um dos nomes mais frequentes na comédia atualmente. E Comédia é um dos meus gêneros favoritos e quero muito ver. Infelizmente, a estréia deste filme aqui neste país foi cancelada! Espero que chege logo em DVD para poder ver, já que o perdi na mostra!

    Beijos!! ;)

    ResponderExcluir
  7. Filmes com envolvimento do Judd Apatow, para mim, se tornam imperdíveis - ainda mais quando vêm acompanhados de um texto positivo como o seu.

    ResponderExcluir
  8. Há um bom tempo que assistia comédias apenas quando não tinha outra opção, mas depois de aparecem Judd Apatow, Seth Rogen, Jonah Hill e o resto da trupe voltei a acreditar que podemos rir de verdade com o cinema.

    Abraço

    ResponderExcluir
  9. Poxa... nunca tinha ouvido falar. Mas é no mínimo estranho!

    ResponderExcluir
  10. Não tinha ouvido falar desse filme e, de fato, nem parece ser um filme do Judd Apatow...

    Pelo menos, ele mantém a parceria com o Seth Rogen, que me surpreendeu muito em todos os filmes que a dupla produziu.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  11. To querendo muito ver! Tem cara de ser simplesmente hilario! Os atores são ótimos.

    Ciao!

    ResponderExcluir
  12. Muito bom o filme! E acabei de postar a crítica lá no Hollywoodiano, mas acho que a sua ficou melhor! Parabéns!

    Abs!

    ResponderExcluir
  13. Sério que vc nao acha o filme tao engraçado assim? Nossa, a sala de cinema onde eu estava, absolutamente lotada, nao parava de gargalhar um minuto sequer. Esse filme é a sequencia logica de Superbad, e tao cheio de situaçoes e dialogos hilariantes e geniais quanto. Alem, claro, da tematica "amizade e camaradagem", como sempre marca os filmes dessa trupe.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  14. Já assisti o filme na gringa, mais uma vez a estréia aqui no Brasil é adiada porque a distribuidora não sabe trabalhar. O filme é muito engraçado e aposto que seria um sucesso por aqui. Seth Rogen tem feito ótimas comédias (especialmente para os adeptos da erva) e uma paródia de filmes de ação com um jeito de Cheech e Chong é algo bem interessante.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas