Ensaio Sobre a Cegueira - Blindness

Você tem uma rotina diária de poucas modificações. De manha vai ao trabalho, a tarde vai para a academia ou outro tipo de atividade, e pela noite vais para faculdade. A sua pessoa vive disse praticamente todo santo dia por muitas vezes deixando de ser alguém e se tornar em uma coisa. Mas de repente, dentro de seu carro vivendo sua vida robótica, fica cego. E agora?


Fernando Meirelles, por intermédio do livro de José Saramago, tele transporta o espectador para o mundo de Ensaio Sobre a Cegueira em sua adaptação para o cinema com o mesmo nome. Além de ser uma co-produção Brasil/Canadá/Japão, conta no elenco, estrelas de renome cosmopolitano como Julianne Moore, Mark Ruffalo, Alice Braga, Gael Garcia Bernal e Danny Glover.


Esse ano parece que todos, ou pelo alguns diretores, entregaram obras que de inicio parece àquelas sessões trágicas onde o foco é a destruição do mundo, mas nos exemplares desse ano, só existe uma espécie que está se destruindo, o homem. Como se viu, uns optaram pela ausência de compreensão dos fatos, outros pelo descontrole moral e mental. Porém em Ensaio Sobre a Cegueira, coloca como prioridade a falta de sensibilidade no circulo social.


A direção de Meirelles é algo arriscado, porém de uma ousadia inquestionável, ele não apenas se contenta em mostrar a saga de uma mulher que vive o incrível lema “Em terra de cego, quem tem olho é rei” não, parece que o objetivo dele é fazer com que o espectador entre, viva e sinta a experiência da cegueira branca. Dando destaque a seqüência da submissão a comida. Julianne Moore, uma das minhas musas supremas, entrega uma atuação de memorável para cima, transmitindo todo tipo de sentimento e ainda com o jogo impecável de câmera de Meirelles em algumas cenas, o espectador parece está ao lado dela, compartilhando o momento da cena. Além disso, todo o elenco conseguiu entregar atuações fortes já que a dificuldade em fazer um personagem com ausência de visão.


Ensaio Sobre a Cegueira é uma experiência como poucas. Não é só apenas um filme que carrega impactos visuais e cru, mas também uma história sobre os verdadeiros significados do ser humano. Ainda bem que muitos por aqui compreenderam o recado de Saramago e Meirelles no qual, em terra de acéfalos, quem tem uma mente clareada para a realidade é rei. É parece que somos mesmo...



Ficha Tecnica

Ensaio Sobre a Cegueira (Blindness)

Diretor: Fernando Meirelles

Elenco: Julianne Moore, Mark Ruffalo, Alice Braga, Don McKellar, Yusuke Iseya, Yoshiro Kimura, Mitchell Nye, Sandra Oh, Danny Glover e Gael Garcia Bernal.

Gênero: Drama/Suspense

Cotação: 92% - Filme Obrigatório

Comentários

  1. Johnny... como disse no meu próprio texto e tenho dito pelos blogs, eu tive sérios problemas com Blindness. O maior deles reside no seu roteiro: eu sei que Meirelles conseguiu transpor toda a essência do livro para o filme; entretanto, achei tudo muuuuito rápido! Podiam ter colocado muito mais coisas importantes e explorado cenas que foram simples demais. Minha nota é 7,5 anyway...

    Abs.

    ResponderExcluir
  2. Resenhas favoráveis, resenhas desfavoráveis... espero que chegue aqui logo, mas pelo visto só verei quando for a Porto Alegre. =/

    Abs!

    ResponderExcluir
  3. Um bom filme sim, não tenho dúvida disso. No meu texto eu comentei algumas coisas que me desagradaram, mas são coisas muito pequenas para que possam comprometer.

    Abraço!!!

    ResponderExcluir
  4. Ugh! É um ponto de vista, meu amigo! Respeito. Sei que sou minoria, embora não seja cego. Você já sabe que não gostei, né?

    Abs!

    ResponderExcluir
  5. Eu não vejo o filme tão polêmico pra causar tantas disparidades de opiniões, pois acho o filme sensacional... Depois veja o que o Cara da Locadora tem a dizer sobre ele... abraços...

    ResponderExcluir
  6. Eu sou do time dos que gostam (e muito) do filme. Acho que o livro é melhor, mas a essência está ali.

    Beijocas

    ResponderExcluir
  7. Estou doida para ver este filme, mas só acho que estréia aqui em Natal depois que sair de cartaz em cidades como Recife, Fortaleza e Salvador. Somos os primos pobres do Nordeste! :-)

    ResponderExcluir
  8. Típico filme que divide muito as opiniões. Ainda não vi, mas fiquei ainda mais ansioso depois de sua crítica.

    ResponderExcluir
  9. - Otávio, não se preocupe, a parte em branco se refere aos criticos norte-americanos a respeito do filme, e também o publico que parece que quer ver um totó na tela do que reflexão ... Mas sei que não gostasse ... mas não se preocupe está tudo ok!

    - Vini, assim como Funny Games, podes curtir ou não ...

    - Ciça, o livro posso ler depois, mas Meirelles captou o que eu realmente queria e isso é perfeito em si, além de que não esperava nada para o filme ...

    - Milla, vai estrear assim, não se preocupe meu anjo ...

    E a todos, o mais importante é que o filme conseguiu o seu objetivo ... isso é great!
    abraços

    ResponderExcluir
  10. Hahahahhahaha... Eu nem estava falando da parte em branco, amigo! Relaxa! Só quis dizer que sou minoria. Pelo menos aqui, afinal as críticas lá fora não são tão animadoras.

    Abs!

    ResponderExcluir
  11. Nossa! Acho que esse foi o texto que mais me intrigou, embora revele pouco sobre o mesmo. (porém o suficiente para me deixar ainda mais ansioso por um "torrent" ..rsrs)

    Abraço, amigo!

    ResponderExcluir
  12. Você disse tudo no final: um filme obrigatório! Meirelles mais uma vez consegue chamar minha atenção com uma produção impecável. Pra quem leu o blog do filme, feito pelo próprio diretor, sabe a saga que foi montar essa adaptação que passou por várias montagens foram repúdio em Cannes com direito à vaias. Um belíssimo exemplar sobre a verdade de uma sociedade inutil e torpe como a nossa.

    Mídia? Cultura?
    http://robertoqueiroz.wordpress.com

    ResponderExcluir
  13. CINEROAD
    http://cineroad.blogspot.com/

    EStou ansiosíssimoo por vê-lo!

    ResponderExcluir
  14. "Ensaio Sobre a Cegueira" é o mais recente longa-metragem do diretor brasileiro Fernando Meirelles ("O Jardineiro Fiel"). O filme conta a história de uma estranha epidemia de cegueira que se espalhou numa cidade não identificada. A doença, apelidada como cegueira branca, age de forma contrário à cegueira comum, fazendo com os contaminados enxerguem um branco total, devido ao excesso de luz nos olhos, não permitindo uma visão normal.

    O roteiro, assinado por Don McKellar ("O Violino Vermelho"), tem um início vagaroso, mas aos poucos ganha dinamismo e qualidade. A história foi adaptada com base na obra de José Saramago, único escritor da língua portuguesa a receber o prêmio Nobel de literatura.

    Outro ponto relevante em "Ensaio Sobre a Cegueira" são as fortes cenas, sempre alfinetando o espectador. Com analogias e críticas severas ao atual sistema econômico e principalmente ao caráter das pessoas, a trama faz-nos repensar seriamente sobre o real significado de nossas vidas e o papel que exercemos na atual sociedade. Será que realmente somos capazes de tudo? Até onde vai a nossa honra e a nossa fé? Estes e outros pontos e paradigmas são colocados em xeque nesta bela produção de Meirelles.

    As atuações de Mark Ruffalo ("Zodíaco"), Danny Glover ("Máquina Mortífera") e Gael García Bernal ("Amores Brutos") são estupendas e dispensam comentários. Mas quem roubou a cena foi a protagonista Julianne Moore ("Filhos da Esperança"), numa interpretação maravilhosa e desumana na pele de uma mulher imune à cegueira branca e esposa de um oftalmologista, que também foi afetado pela epidemia.

    A trilha sonora também marca presença e casa-se bem com as imagens. A produção é de primeira e contou com nomes como Andrea Barata Ribeiro ("O Banheiro do Papa"), Niv Fichman ("A Última Noite") e Sonoko Sakai ("Paixão Proibida").

    "Ensaio Sobre a Cegueira" foi exibido na noite de abertura do Festival de Cannes deste ano. Um filme cru, cruel e que serve, ao menos, como um empurrãozinho para reavaliarmos nossas reais pretensões em frente ao mundo e a sociedade.

    NOTA (0 a 5): 4
    ****

    ResponderExcluir
  15. Ah! Te adicionei no meu blog.
    Um abraço.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas