Desabafo

Qual foi a pior crise que vocês já passaram? Passo ultimamente por algo que não desejo a ninguém. Muitas vezes acordo pensando que o pesadelo ainda não acabou. Nos últimos meses estou passando por uma crise lastimável e grave. Tão grave no qual não consigo me reconhecer no espelho e alguns que convivem comigo pessoalmente dizem que estou mudado.

No dia 26 de junho desse ano, estava a noite fazendo prova final na faculdade. A respectiva matéria de Direito Constitucional no período das 19 horas até 19:30, após esse horário, fiquei esperando a minha coordenadora para pelo menos revisar a prova de Teoria Geral do Processo, na tentativa de salvar a minha nota. Após isso, fiquei na faculdade vendo a Aula da Saudade e pelas nove horas eu tive que esperar uma condução já que estava ocorrendo uma greve de ônibus na região. Após isso, fui para casa, fiquei no pc e fui dormir em seguida.

Nesse mesmo horário, um individuo (para não dizer, um filho da puta) apareceu em uma locadora onde pego filmes desde 2005 e no horário das 19:45 alugou 4 lançamentos e furtou a locadora. O filho da puta rubricou a minha assinatura baseado numa nota fiscal no qual estava devendo a locadora. Pois bem, dias depois quando estava indo para Petrolina, o dono da locadora loca para mim no momento da viagem cobrando os filmes, e foi isso praticamente o mês todo, assim forçando a minha pessoa mudar de chip para não ter preocupações.

Desde dia da viagem até agora não consigo dormir em paz. Ele ficou ligando para minha casa cobrando os filmes e esperei minha mãe chegar de viagem para ir a locadora. Porém o pesadelo ganhou um capitulo triste e doloroso. Felizmente não gosto de brigar, mas nesse dia, parecia que os minutos pareciam longas horas. O dono da locadora realmente crendo que minha pessoa locou os filmes conversou com mainha e ela chorou copiosamente de tanta dor e desgosto começando a acreditar no fato, e já no dia seguinte ela disse com as palavras mais duras do mundo: “Eu não acredito mais em você, João Paulo”.

Foi praticamente a gota d’água. Até hoje aquelas palavras rasgam o meu ouvido como se fosse um acido corroendo o aço. Ela me puniu gravemente fazendo me privando da única coisa que vale a pena para mim: ir ao cinema. Até o presente momento, não sei mais entrar numa sala de cinema. E ainda não posso pisar em locadoras. Até minha irmã que não tem nada haver se tornou vitima.

Os filmes que foram furtados são: O Orfanato de J.A. Bayona; Elizabeth: A Era de Ouro de Shekear Kapur; Atos Que Desafiam A Morte de Gillian Armistrong; e A Lenda do Tesouro Perdido II, O Livro dos Segredos de Jon Turteltaub. Dois filmes dessa lista já foram vistos e os dois eu não gostei e após esse incidente é que realmente não quero saber desses dois filmes e os não conferidos é que não irei ver mesmo.

E mesmo com os documentos nas mãos provando que estava na faculdade (nisso estão incluídos a xérox da ata e da prova) tanto a minha mãe quanto meu pai ficam ainda desconfiados acreditando que eu fui para a locadora, emprestei os filmes e o rapaz que pegou emprestado deu fim. Além disso, as cobranças do dono ultrapassaram até certo ponto de ele aparecer na frente do apartamento de onde moro para cobrar a xérox dos documentos.

Mas vejam que pontos curiosos. O primeiro ponto a ser discutido é quem estava no momento do crime. Quem estava na locadora não era nem o dono e nem a dona, mas sim um funcionário que eu nem conheço e que nunca viu a minha cara. Segundo ponto, sempre locava diretamente com o dono da locadora e não ficava preocupado em fazer uma assinatura, já que ele sabe que estou na frente dele. E outro ponto. Como a minha pessoa iria tirar meia hora da minha faculdade até a locadora se tinha a maldita greve de ônibus da região? Outro fato também no qual existe uma câmera de vigilância, mas que no dia, não funcionou.

Também aconteceram vários problemas graves durante esse interlúdio mas que nada consegue ser tão nefasto quanto esse. Muitas vezes me sinto culpado por não ir mais ao cinema e ficar refém de meios escusos a contra gosto, mas pelo menos tento unir o útil ao agradável. Mas mesmo assim, a saudade da sala de cinema bate cada vez mais alto. Dias sem dormir direito, tonturas, impotência e outras coisas mais. Não sou mais o mesmo. Até para escrever as coisas não estão bem.

Essas semanas que virão serão decisivas na minha vida, no qual irei abrir um processo criminal e judicial contra a locadora por constrangimento e outros crimes previstos em lei. Faltam apenas pequenos detalhes, mas o principal está pronto, uma alma amargurada lutando não só apenas pela justiça, mas para recuperar dois meses perdidos pela descrença fraternal; a vontade de olhar no espelho e não ver um estranho; e esquecer esse triste fato desse ano que descarrilou momentos piores.

Desculpem, precisava desabafar... Abraços a todos.

Comentários

  1. Não sei nem o que dizer sobre o seu problema, eu já estive do outro lado, do lado de quem cobra e é realmente muito difícil no momento saber em quem confiar, mas a gente acaba tentando ser o mais justo possível e não apelas, como no caso o dono dessa locadora está apelando, espero que tudo dê certo no seu processo judicial e que logo você possa voltar às salas de cinema... Abraços...

    ResponderExcluir
  2. O Cara da Locadora - A questão é que mesmo com a prova a mostra dele, ele ainda recusa acreditar que não foi a minha pessoa ... e isso é complicado.
    Muitas vezes temos que ser justos e não chegar a esse ponto da apelação, mas nesse caso, é melhor mostrar quem está errado da situação.

    Por isso que temos que ter cuidado nos clientes e cobrar mais identificação ou colocar fotos do cliente no sistema (sim, sei que é meio caro) para que não exista problemas assim ...

    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Você está agindo corretamente em abrir um processo contra o dono da locadora, mesmo que ele estivesse cobrando a pessoa certa, a lei não permite cobrança com ameaça e perseguição.
    Espero que consiga resolver logo e da melhor forma este problema.

    Abraço

    ResponderExcluir
  4. Você até já tinha falado comigo antes sobre esse assunto e eu realmente fico triste por esse ocorrido. É uma situação desagradável e você está mais do que certo em abrir um processo. Boa sorte e que a justiça seja feita.

    Abração!

    ResponderExcluir
  5. Que sacanagem, hein?

    Boa sorte com o processo, porque, só assim mesmo para se fazer justiça!

    ResponderExcluir
  6. João, o que você está vivendo parece um roteiro de filme. Você foi vítima das circunstâncias, de uma série de infortúnios. O mais chato, além dos danos que fazem a você, é o fato de que sua reputação está sendo colocada em xeque.

    Você está certo em buscar seus direitos!

    ResponderExcluir
  7. Cara, não sabia dessa.
    Infelizmente acontecem essas merdas em nossas vidas, quando não temos culpa de nada. Aí temos que nos revirar para tentar resolver esse problema. Mas vem cá: Não entendi direito como que o malandro rubricou sua assinatura. Tinha uma papeleta de cobrança em seu nome lá na locadora e o cara simplesmente viu e rubricou?
    O que existe de gente irresponsável nesse mundo não está no gibi. Felizmente, não tive um problema tão grande assim, para as pessoas ficarem me acusando de isso ou aquilo. E sou um cara muito calmo, fico calmo até onde não puder. Mas se persistir o problema, eu tendo razão, meu comportamento muda completamente. Você tem direito de processar a locadora, mas acredito que uma conversa séria com o dono de lá resolveria o problema, mesmo que partisse para a ignorância.
    E realmente é chato quando os pais não acreditam na gente. Eu grito com todo mundo quando acontecem essas injustiças aqui em casa. Reclamo mesmo.
    Boa sorte nesse processo cara, mas fé que vai dar tudo certo. Não fique assim desanimado. Tente uma conversa mais com sua família.

    ResponderExcluir
  8. eh leke
    ta foda ein.

    Po, processinho neles.
    Irresponsabilidade do dono quanto a camera de vigilancia, doideira ele ameaçar, mais doideira ainda ele cobrar voce os documentos que ele tirou copia.
    O cara ta na merda pq perdeu filmes, mas po, vc tb não foi culpado.
    Tenta conversar com o piá mais uma vez e mostra as provas que mostrou a sua mãe. (Mostra uma cópia pro caso dele da crise e rasgar)
    Vá até a empresa de onibus dai e pede um documento atestando a greve (a titulo de segurança pra ti, caso abra um processo).
    E boa sorte.


    Mas tenta primeiro conversar mais uma vez, sabe? Mostra o transtorno que ele trouxe À tua família, diz que tu compreende que ele teve problemas, mas vc tem PROVAS de que vc não tinha como estar lá.


    Abraços e boa sorte

    ResponderExcluir
  9. Olha que porcaria, pá. Uma pessoa nunca pode estar descansada. Espero que se faça justiça e tudo se resolva. Por outro lado, desejo que a confiança com os teus pais esteja definitivamente de volta.

    Um forte abraço!!!!!

    ResponderExcluir
  10. eu ia dizer a mesma coisa que muitos disseram e que você mesmo falou no fim do texto. Isso é um absurdo levando em conta que você tem fatos e documentos e testemunhas que comprovam que você estava na favuldade naquele momento. Seria bom também você pegar recortes de jornais que mostrem a greve de ônibus naquele período, o que comprova mais ainda a impossibilidade de você locar um filme. Levante a questão da locadora não ter câmeras de segurança também, que poderiam ou não comprovar a presença de determinado cliente. O negócioé o seguinte: você tem todas as ferramentas pra calar a boca desse cara e ainda ganhar algo com isso. Vá em frente, to na torcida!

    ResponderExcluir
  11. Esse ano a bruxa tá solta do sul ao norte do país, hehe.

    Mas processa esse filho da puta, soca uma indenização no talo do cara. Então espera baixar a poeira e daí sim dá uma sova de pau no cara e toca fogo na locadora. Se pá eu pego um avião e levo meu amigo Sebastian pra ajudar, um simpático taco de beisebol.

    ResponderExcluir
  12. João! A pior coisa é perder a confiança dos pais por algo que você não fez. Isso deve doer bem mais que ser acusado de algo injustamente. Corre atrás, meu amigo, e mostra pros seus pais que eles perdem por não conhecer o filho que têm.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  13. A galera já disse tudo. Boa sorte e, na minha opinião, o processo é o melhor caminho. Melhor do que ter de fazer justiça com as próprias mãos!

    ResponderExcluir
  14. Tem que processar mesmo. Juntar no processo tudo que puder e cobrar os seus direitos já que foi agredido moralmente.

    A história é totalmente absurda. E cadê essa criatura da loja que não fala que você não tem nada com isso?

    Mas vai dar tudo certo!

    Beijocas

    ResponderExcluir
  15. Caramba! que doidera!!!
    Espero que vc ganhe uma boa grana nesse processo. Vou ficar esperando a noticia do final dessa novela.

    Mas o ladrão alem de fdp tem mt mal gosto mesmo! So roubou filme ruim!

    ResponderExcluir
  16. JP, força é uma coisa que você tem. Tem pé no chão, insiste na sua opinião e na sua lei. É pertinente quando tem seus argumentos, por essas e outras amigo, acredito que essa situação irá se reverter da maneira mais justa possível. Um abraço, e que o tempo seja rápido para melhorias e a sua volta ao cinema.

    ResponderExcluir
  17. Força, friendo! Como diria Mary-Alice Young: todos temos momentos de desespero. Td mundo tem seus momentos de crise. Só posso te desejar toda a sorte do mundo e dizer que, pra qualquer coisa, estamos aí!

    Aqui as coisas não estão sendo bolinho tb. Mas a gente sobrevive!

    Abraço e te cuida, amigo!

    ResponderExcluir
  18. Poxa JP, que situação desagradável. Você havia me mencionado o ocorrido um dia, mas não sabia que as consequências haviam sido tão devastadoras. Desejo lhe boa sorte e, principalmente, que seus pais percebam quem realmente é o filho deles.

    Ciao!

    ResponderExcluir
  19. Todos nós somos golpeados por uma desgraça quando menos esperamos. Não vou dar uma de sabido e sugerir soluções, afinal você já decidiu que atitudes tomar. Agora, será preciso transformar o limão numa limonada. Boa sorte!

    Cumps.

    ResponderExcluir
  20. JP, que ruim isso que você acaba de enfrentar. Felizmente nunca passei por uma situação parecida com a sua. Desejo que você consiga reverter essa situação. Abraços!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas