O Procurado

Você leitor, na pensou na seguinte prerrogativa: quais são os elementos básicos de um blockbuster de ação? Todo ano tem sempre aquele filme que tem o simples propósito de agradar as massas com momentos “divertidos” de ação e que dependendo do projeto, ganha rios de dinheiro, todo mundo fica feliz e pronto. Em 2008 podemos nos orgulhar no qual foi a temporada que mais satisfez dois tipos: os críticos e o publico. Mas tem que ter aquele filme padrão para as férias. Esse ano, O Procurado.

Wesley Gibson pode se dizer, é o retrato da derrota. Sempre esculachado pela chefa dele, uma gordona insuportável; Mal tratado pela namorada que ainda de quebra, o trai com o “melhor” amigo do trabalho dele; Vive liso e tem graves problemas de ansiedade. Porém a “sorte” bate na porta dele, quando em um momento comum, ele se torna alvo de um misterioso assassino e que ele é uma pessoa especial e torna o procurado.

Estrelado por James McAvoy, Morgan Freeman e Angelina Jolie , o filme O Procurado é mais um filme baseado em HQ criado em 2003 por Mark Millar e J. G. Jones. A “difícil” tarefa de dar vida aos quadrinhos ficou na batuta do cazaquistanes Timur Bekmambetov, o homem que deu vida a série de ação Guardiões da Noite e do Dia. Bem, além disso, chega com um atraso lastimável para nossa terrinha brazilis, mas será que o publico vai procurar o filme?

Assim, nesse filme praticamente é uma aula de como fazer um filme de ação para atrair um grande publico. Ou mais fácil, um livro de receitas que se qualquer diretor competente seguir vai se dar bem. Podem achar estranho listar isso, porém ao passar dos anos e nossas mentalidades chegarem a um nível acima, podemos até enumerar isso.

1- Um ator de talento fazendo papel diferenciado: Depois do papel sério e dramático em Desejo e Reparação, James McAvoy faz um papel diferente para quem já é acostumado com ator. E acrditem, ele tira de letra um jovem derrotado que se torna o
cara mais bad ass do filme. Palmas.

2- Uma musa que chama atenção: Digam-me uma atriz que hoje consegue tirar suspiros na platéia masculina e inspiração de força feminina como Angelina Jolie. Depois de muito tempo tomou senso na carreira e está conseguindo escolher bons projetos e provando que é atriz.

3- Um ator experiente para balancear: Morgan Freeman, todo mundo sabe que é um grande ator, como diz Otávio, um Cid Moreira de Hollywood. O mais curioso é ver esse ator fazendo um filme desse tipo, além de fazer uma interpretação tranqüila, é o ator em cena que mais se diverte.

4- Um diretor com personalidade: Podem tacar pedras, mas acho Timur, um diretor que sabe fazer bem o que um filme desse porte precisa: cenas de ação baseados na proposta do projeto, e com certeza, Timur consegue entregar ótimos momentos de ação, a questão é engolir...

5- Um roteiro nem tão bom, mas também nem tão ruim: Depois de terem roteirizado o incrível Os Indomáveis, parece que Michael Brandt e Derek Haas relaxaram e fizeram um roteiro extremamente previsível onde um espectador atento, consegue matar o filme tranquilamente, o pior fica para aqueles que esperam surpresas, por que isso é o que menos acontece nesse filme

6- Ação, muita ação: O Procurado consegue fazer doses precisas de ação onde se torna crescente e explosiva e quando chega no clímax final, parece que de invés de se acovardar como muitos filmes de ação que existem por ai, ele consegue entregar altos níveis de adrenalina que satisfaz qualquer espectador.

Bem, isso ai é O Procurado. É aquele tipo de filme que gostamos de ver quando não temos nada que fazer. Um longa-metragem que sabe divertir e esquecer a seriedade em ótimos filmes. e melhor ainda que 2008 está provando que filme de férias estão ficando maiores e melhores, claro que sempre aparece alguns lixos como Hancock, O Grande Dave (naufragou no fracasso, ainda bem) e A Múmia 3, mas O Procurado pode se orgulhar por ser um filme padrão das férias, um filme pão e circo que vale a pena.

Ficha Tecnica
O Procurado (Wanted)
Diretor:Timur Bekmambetov
Elenco: James McAvoy, Morgan Freeman, Common, Thomas Krestschmann, Konstantin Khabensky, Terence Stamp e Angelina Jolie
Gênero: Ação
Cotação: 68%- Filme Assistivel

Comentários

  1. É primeira opinião que leio sobre O Procurado, que é, de longe, o filme que eu mais aguardo até agora no ano. Fiquei tranquilo sabendo que o filme cumpre o que propôs e que minha musa manda bem.

    Espero pela sessão de imprensa que consegui me meter para comprovar o que você disse aí.

    ResponderExcluir
  2. Também é a primeira opinião que leio sobre "O Procurado". Pelo trailer, dá para ver que este é um filme de ação diferenciado, com uma premissa até legal. Seu texto confirma justamente o que eu esperava desse longa.

    ResponderExcluir
  3. O personagem do McAvoy, no início, lembra o Mr. Anderson, do Keanu Reeves, no Matrix. Todo atrapalhado! No príncipio, fiquei meio desiludido com esse filme. Achei que queriam era tomar o meu dinheiro na marra. Porém, já estou começando a vê-lo com outros olhos (e acho que vale a ida ao cinema).

    Mídia e cultura:
    http://robertoqueiroz.wordpress.com

    ResponderExcluir
  4. Pedro - Não sabia que esperava O Procurado. Curiosamente só tive a certeza de um bom filme quando saiu as criticas no rotten que são seguras e boas para o filme. E Jolie faz a parte dela.

    Milla - A premissa de O Procurado não chega ser genial ou legal, mas o importante é o que seu conjunto tem sua força e chama o espectador. Mas cobrar roteiro inteligente ... tá dificil mas para o gênero ... tá bom demais.

    Roberto - Rapaz, nem muito o Thomas Anderson de Matrix, tá mais para Peter Parker sendo que macho e fodão e não froxo e ridiculo na saga do aracnideo ... e amigo, tem cenas que é para ver no cinema. pelo menos foi bom ver em casa para apurar mais o olho clinico já que em algumas cenas vendo no cinema é de encher os olhos.


    Abraços a todos

    ResponderExcluir
  5. O filme parece ser muito bom, e depois de sua critica tenho vontade de assistir.

    espero me divertir com o filme.

    ResponderExcluir
  6. João, quando refiro à premissa legal, quero dizer que o filme parte do princípio interessante que o homem tem uma escolha: viver uma vida tranquila ou ter uma vida com mais adrenalina, entende? ;-)

    ResponderExcluir
  7. Vou dizer o que já disse em outro blog. Jolie nunca foi das minhas preferidas, nem me empolgarei tanto pra esse filme!

    ResponderExcluir
  8. Milla - Falta de comunicação ... sorry ... entendi ... e nisso tive uma surpresa curiosa ... xero

    Robson - Veja por outro motivo ... veja McAvoy metendo bala ou Freeman falar palavrão ... é cool demais

    Carranca - O bom dele é isso, por saber aproveitar todos os cliches desse tipo de filme e se dar bem ...


    abraços

    ResponderExcluir
  9. Eu não espero nada deste filme, cara. Só espero vê-lo com a cuca fresca. Talvez eu me divirta bastante.

    Abs!

    ResponderExcluir
  10. Você me provou o que eu esperava: o elenco domina, o visual prevalece e Timur continua criativo. Se corresponder, ficarei satisfeito.

    Ciao!

    ResponderExcluir
  11. Também estou ansioso para assistir esse filme, mesmo com as cenas de ação exageradas que andei vendo nos trailers.

    ResponderExcluir
  12. Não tenho vontade nenhuma de ver, mas pode ser que me engane por isso vou dar uma oportunidade :P Abraço

    ResponderExcluir
  13. O diretor russo fez o bom, mas meio confuso, "Guardiões da Noite" e parece ter talento, ainda não vi "Guardiões do Dia".
    Vou conferir este.

    Abraço

    ResponderExcluir
  14. O sucesso alcançado pelo filme já havia despertado minha atenção, mas as enumerações do "cookbook" (principalmente a de n. 4) reforçaram ainda mais a idéia de assistir a essa que aparenta ser uma competente fita de ação.
    Não devemos menosprezá-las, pois hoje em dia a probabilidade de dar de cara com uma bomba é grande demais.

    ResponderExcluir
  15. Achei a premissa do filme super legal e quem sabe dê pra eu conferir... Abraço!

    ResponderExcluir
  16. Hoje em dia há dois tipos de filmes de ação: os exageradamente críveis e os exageradamente inverossímeis. O Procurado se enquadra na segunda categoria. É assistível, como evidencia sua cotação, mas, pô, é absurdo demais. Sem falar que, apesar de Jolie ser uma gata, Freeman ser explicitamente cool, James McAvoy (futuro Bilbo Baggins?) é o herói de ação mais improvável deste século. Ah, o roteiro é modificado demais do material original - esta sim, uma história de ação boa de verdade. Valeu pela visita no meu Blog. Também estou debutando por aqui. Abraços.

    ResponderExcluir
  17. Não gostei nenhum pouco do filme!

    Gosto de McAvoy e, principalmente de Freeman, acho-os talentosos atores, mas nunca vi muita coisa na beiçuda da Angelina Jolie (física e interpretativamente falando, rs). E por isso, fui ver o filme pelo filme mesmo e não por ela, como a maioria dos caras!

    As cenas de ação não são apenas exageradas, mas apelativas e surreais. Chega a um ponto em que você se pergunta se o filme é uma paródia-trash de Matrix ou é uma COMÉDIA de ação? Há cenas que rimos de tão ridículas (um carro correndo EM CIMA de um ônibus ou dando um "salto mortal" por cima de outro, é anormal)!!! E como "engolir" uma química entre um jovem de 1,70 com uma mulher de 1.80. O talentoso James McAvoy até funciona como atorzinho de ação, mas perde-se MUITO como par romântico da desastrosa Jolie, que cada vez mais, parece interpretar sempre o mesmo papel: da mulher fatal que faz bicos!

    Somando a isso, uma história que se enrola completamente nos 3 atos de narrativa (começa como humor, dispara pra ação e termina com uma reviravolta "dramática" de fazer uma novela mexicana ser uma obra de Shakeaspeare!!!).

    Sinceramente, acho que foi um dos piores filmes de ação desacerebrado que eu já vi nos últimos tempos.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas