A Comédia e Seus Contrastes : Will Farrell




Depois da analise com o ator Adam Sandler (isso é, se considera ator) voltaremos com o outro ícone da comédia atual, onde cada filme que lança pode ser considerado sucesso de bilheteria lá, porém ainda não caiu nas graças do publico brasileiro (coisa que o Adam conseguiu) porém a cada passo que dá, está mais próximo ainda. Esse ator é o comediante Will Farrell.


Will Farrell pode se dizer que é um louco pelos esportes. Depois de ser um técnico de futebol de um time infantil em Papai Bate Um Bolão; Um corredor da Nascar convencido que dá dó que dá a volta por cima em Ricky Bobby – A Toda Velocidade; e um patinador que não gosta de compartilhar em Escorregando Para A Glória, Will Farrell volta a fazer um filme de comédia mesclada com esporte e desta vez a modalidade é um dos mais populares de lá (e aqui passa vergonha já que a nossa seleção não foi para as Olimpíadas) o Basquete.


Nos meados dos anos 70, a Liga Amadora de Basquete Americana está próxima do fim já que a fusão para a NBA estava mais perto do que imagina. Na tentativa de entrar nessa empreitada está o Flint Tropical, time liderado pelo jogador/técnico/dono do time Jackie Moon, um cantor de Funk onde só emplacou uma musica chamada Love Me Sexy e só. Agora o problema do time é que nunca jogou bem na vida e com o medo do fim da liga, o pensamento de Jackie é colocar o seu time no lugar de destaque, não importa como.


Apesar de ter uma história divertida sobre o basquete (vai ser difícil esquecer o vexame brasileiro) o problema está na falta de ritmo coisa que era difícil nos filmes de Farrell, principalmente em Ricky Bobby e Escorregando Para a Glória, mas quando o assunto é risada, o homem tira de letra e faz uma seqüência com um urso que é impagável. Além disso, o elenco também tem André Benjamin, Woody Harrelson e Jackie Earle Haley.


Semi Pro pode ser considerado o mais fraco dessa nova leva do ator, porém está muito longe de ser datado como filme ruim. E Will Farrell está se tornando em passos firmes um dos grandes comediantes do cinema atual, pena que a nossa terrinha não caiu ainda nas graças do ator. E pior ainda, é ver mais uma vez o nosso basquete ir para o limbo.


Sim amigos, Will Farrell é produtor também e mais uma vez ele sabe escolher muito bem seus pupilos. Em Hot Rod – Loucos Sobre Rodas, ele produz essa comedia que tem no elenco alguns atores do mesmo programa que lançou ele para o cinema, o Saturday Night Live. E mais um ator que está ganhando espaço no cinema atual.


Rod Kimble é um jovem sonhador e se acha que é um dublê, mas que nunca teve sucesso relativo em suas acrobacias. Apesar de ser a piada da cidade, os seus amigos nunca deixaram de confiar nele. Porém nada é tão bizarro do que a tentativa de surrar o seu padrasto Frank, coisa que todos da sua casa já estão acostumados com o que acontece. Mas Rod descobre que o seu padrasto está gravemente doente, precisando de um transplante, porém o seu plano de saúde não consegue cobrar. Desesperado pelo medo de não ganhar de seu padrasto, ele decide fazer um grande salto para não só apenas salvar o seu nêmesis, mas sim provar para todos o que ele realmente é: um dublê!


O roteiro de Pam Brady, mais conhecida pelos roteiros de South Park e Team América, entrega um roteiro sobre perseverança recheada de piadas muito escrotas e algumas não tão legais (isso claro, dependendo do seu humor espectador). Mas o legal dele é que não apela tanto pelo vulgar, coisa que está sendo muito comum nos dias de hoje e para muito isso é considerado um ponto extremamente positivo.


O elenco do filme é outro achado, praticamente um elenco de SNL que entrega um show de humor em personagens peculiares. Principalmente Andy Samberg que faz um papel extremamente hilário e ao mesmo tempo cativante e que curiosamente, o papel era para ser de Will Farrell, mas por causa da idade ficou praticamente impossível, entretanto a sensibilidade que Samberg criou para Rod é inquestionável. Também tem Danny McBride que faz um papel mediano no filme, mas tem seus momentos, junto com Bill Hader, e foi achado de Farrell e que pode ser visto em Drillbit Taylor e no mais recente filme da trupe de Apatow Segurando as Pontas (Pinapple Express).


Uma comédia que sabe não só apenas criar momentos espontâneos de riso no espectador, mas sim sabe cativar com todos os seus elementos que o filme dispõe como uma divertidíssima trilha sonora, um afinado elenco de apoio e uma história que cativa a todos que assistem. Filme recomendado para assistir e ficar no final da sessão com um sorriso no rosto e cantarolando as músicas do filme. O filme é COOOOOLLL BEEEEAAAAANSS












Cotação dos Filmes
Semi Pro - 58% - Filme Assistivel
Hot Rod - Loucos Sobre Rodas - 71% - Filme Indispensável

Comentários

  1. Bom, não sou muito fã do Will, na verdade tento ficar o mais longe possível de seus filmes. Na verdade acho que não gosto muito de suas atuações. Mas enfim ... prefiro ainda o Adam! Hahaha

    Abraço
    Mateus

    Obs: será que posso te linkar?

    ResponderExcluir
  2. Até um tempo atrás gostava muito das comédias do Will Ferrell, mas acho que agora já está ficando um pouco cansativo (com algumas exceções, como foi mostrado aqui). Abs!

    ResponderExcluir
  3. Quero ver Semi-Pro, parece ser um filme engraçado.

    Hot Rod não me chama muito a atenção, mas um dia eu me deparo com ele.

    Abraço!!!

    ResponderExcluir
  4. Will Ferrell está se especializando nestes filmes que fazem sátiras de esportes, hein??

    Achei muito mais interessante este "Hot Rod". O Andy Samberg não é o melhor do elenco atual de "SNL", mas, com certeza, tem talento.

    ResponderExcluir
  5. Will Ferrell é um bom comediante e de vez em quando demonstra alguma outra faceta como ator. O problema dele é o mesmo do Adam Sandler, tem seu público específico e geralmente quando tenta algo diferente não faz sucesso. Pena,

    ResponderExcluir
  6. Matheus - Poxa, mas tudo bem ...
    e sim podes linkar no seu blog

    Vinicius - Uma coisa não me preocupo com Farrell que ele consegue ser ator, coisa que outros comediantes não conseguem ... e isso faz a diferença ...

    Pedro - Semi-Pro(Os Aloprados, direto para dvd) é divertido sim, porém não tem o mesmo ritmo dos outros dois filmes de esporte do ator, mas tem cada cena nice!

    Milla - O bom da iniciativa do ator, é tratar sem melosidade esportes como em outros filmes que tentam encher o espectador de emoção, já Farrell brica com essas emoções e ficarem mais legais ... Escorregando Para A Glória que o diga ...
    e sim, Hot Rod, realmente esse Sanberg tem um bom timing, fazendo bons projetos pode ser um bom comediante ...

    Louis - Mas o problema ai já está no próprio publico dele que não quer aceitar o ator fazendo outra coisa, para mim é ponto positivo e espero que ele mantenha o bom ritmo e escolher bons projetos

    abraços a todos

    ResponderExcluir
  7. Também prefiro o Adam Sandler. Não é que desgoste das interpretações de Will Ferrell, mas nada do que tenho visto dele me tem cativado por aí além.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  8. Não gosto do Adam Sandler, o humor dele não me contagiou, o filme dele mais aceitável, na minha opinião, é aquele em que lhe dão a chance de mostrar que ele pode ser um ator de verdade - se quiser - e é Embriagado de Amor, do P.T. Anderson. De resto, suas comédias não me causam riso. Já Ferrel eu acho mais divertido, o humor dele é mais universal, e ele provou que pode ser uma espécie de Jim Carrey com o Mais Estranho que a Ficção. Só não sou chegado em filme sobre esportes, isso me deixa um pouco incomodado, visto meu sedentarismo, hahahaha. Mas pretendo ver esse novo dele.

    Um abraço.

    P.S: primeira vez que comento aqui, espero poder voltar mais vezes.

    ResponderExcluir
  9. "Two of Hearts" =D
    Hot Rod é bem legal mesmo!

    E Semi-Pro sai em DVD mês que vem com um nome ridículo que já esqueci...vou ver!

    Ciao!

    ResponderExcluir
  10. Eu gosto dos filmes com o Will Ferrell. O Âncora é hilário, Ricky Bobby também é bem legal. Até Dias Incríveis também é engraçado.
    Quero ver com ele ainda Mais Estranho que a ficção e esse novo Semi Pro.
    Está um especialista na comédia né?
    Strange Wilderness, Forgetting Sarah Marshall, Semi-Pro, Don't mess with Zohan, Drillbit Taylor, Walk Hard...
    Estou com o filme "Ressaca de Amor" aqui. Esse Hot Rod parece ser divertido também.
    Depois assistirei.

    ResponderExcluir
  11. Wally -Precisas ver minha sobrinha dançando ao som dessa musica ... ela tentou imitar as cenas do filme, hilário. e se você gostou ... tá aprovado! e Semi-Pro será Os Aloprados, o nome original estava bem a calhar.

    Luiz - Compartilho a mesma sensação do que você a respeito dos dois atores, mas acho que Farrell não tenta seguir os passos de Carrey, ele procura fazer o seu proprio nome, e isso é mais importante para um ator. e filme de esporte dependendo de quem faz ... fica foda ... eheheha e obrigado pela visita.

    Ibertson - Porra, Dias Incriveis é um classico de Farrell, ele sequestrando o povo ao som de Master of Puppets é foda ao extremo e não se esqueça ... BLUEEE MY BOOOOOYYYYYY. Especialista que nada, apenas seguindo uma diretriz curiosa que tomou rumos decisivos nesse ano que foi a comédia. e já vi Ressaca de Amor e adorei. Também vi Drillbit Taylor que é Superbad para crianças e Walk Hard que adorei a cada minuto. e Hot Rod é divertido sim e vale a pena ver.

    abraços a todos

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas