CJ7

Alguns astros de ação têm dois tipos de publico. O primeiro é fácil dizer, rapazes que gostam de ver em testosterona pura como porrada, tiros e ser rodeados de lindas modelos que pobres mortais não tem nenhuma capacidade de ter. (ilusão é lasca!) e o segundo publico: as crianças! Sim, os pimpolhos que vêm nesses heróis exemplos (?!) de vida e de seguir a infância. E ainda ficam mais felizes quando vêem seus heróis protagonizando filmes infantis. Mas isso é bom ou apenas marketing para atingir novos públicos.

Ti é um cara batalhador. Trabalha horas e horas na construção civil, vive numa casa caindo aos pedaços, viúvo e cuida de seu filho pequeno Dicky. Apesar de toda a luta, ele junta todo o dinheiro para o investimento do futuro do garoto em um caro colégio particular. Durante o recreio, Dicky vê com os coleginhas um cachorro robótico chamado CJ1 e fica sonhando com o brinquedo, apesar disso, o pai não tem verba para isso. Com pena do seu filho, Ti acha no lixão uma bola verde, porém ele se torna um cachorrinho especial que tem um dom que irá mudar a vida do pai batalhador e seu filho.

CJ7 é o mais novo filme do diretor/ator Stephen Chow e ao contrario das suas ultimas produções, os cultuados e divertidos Shaolin Soccer e Kung Fu Hustle (Me recuso a falar o nome nacional desses filmes) onde tem ação e irreverência, desta vez ele ataca em um outro gênero: Filme infantil. Pelo jeito é algo tão comum quanto se imagina. Quantas vezes não vimos brucutus fazendo filmes direcionados para crianças. Os dois últimos exemplos conhecidos foram Operação Babá com Vin Diesel (ruim que só) e Treinando o Papai com The Rock (ainda não vi). Será que Chow terá a magia de fazer um filme infantil ou não?

O roteiro tem todo o maniqueísmo de qualquer filme infantil que se preze. Lições de moral aos montes, diálogos perto da mediocridade mas que fica melhor quando o cachorrinho especial entra na trama dando assim uma melhorada significativa porém não sai do estigma desgastada do gênero. Se for ver o filme em questão de atuação só presta a do menino que na realidade é uma menina, sim, o menino do filme é protagonizado pela menina Jiao Xu. Ela consegue ter um carisma inegável e ainda carrega uma atuação superior ao que se ver em muito filme infantil. E Stephen Chow... Mero coadjuvante de luxo.

Porém ele na direção é outra história. Stephen Chow sabe seguir muito bem a famosa cartilha do cinema de aventura asiática. Personagens bizarros, cenas curiosas de ação e ainda efeitos visuais que indicam que um desenho se tornou uma live-action pelo modo caricato que o diretor tratou em seu filme. Fora o grande astro da trama o CJ7, podem ter a certeza que ele será um tipo de bichinho que agradará crianças e adultos pelo seu jeito divertido. E o que tudo indica se continuar com esse mesmo processo imaginativo pode pelo menos o que esperar para a nova produção dele, a adaptação para o cinema de Dragon Ball.

CJ7 se for visto baseado no que o diretor fez ultimamente, se torna até uma suposta ducha de água fria se for esperando um longa de ação extremamente exagerada. Porém se for visto como um filme infantil encontrará uma fita curiosa e alternativa de diversão que o gênero propõe para o seu publico alvo. Não pode ser a melhor fita do momento, porém é uma outra opção para quem está cansado de ver ratos superestimados e heróis fora de si.

Ficha Tecnica
CJ7 (Long River 7)
Diretor: Stephen Chow
Elenco: Sthepen Chow e Jiao Xu
Gênero: Infantil/Ficção Cientifica/Comédia/Aventura
Cotação: 55% - Filme Assistivel

Se Gostou ... Recomendo:

- Shaolin Soccer
- Et - O Extraterrestre
- Mulher Nota 1000
- Um Tira No Jardim de Infancia

Comentários

  1. achei o máximo qdo vi o "Kung-fusão" dele, pior que é memso um título bem vagabundo, ahahah... mas o filme é um máximo...então acho que mesmo um filme infantil deve ser algo diferenciado dos demais esse aí...
    já vi ele prabaixar por aqui alguma vezes, mas não o fiz... ele foi direto pras locadoras???
    enfim, vou rpocurar pra ve-lo...
    é um filme que passa batido, se não fosse o nome de quem assina a direção...
    Ah, mudei de blog, nãos ei se você já deu um pulo por lá.. continuo sendo o mesmo Rodrigo do antigo, mas agora com um blog um pouco mais organizado, hehehe... dá uma olhada lá e vê o que tu acha...
    abraços

    ResponderExcluir
  2. Oie!
    A história não tinha me interessado nem um pouco, mas já que você está falando, vou pegar para ver com o meu filho.
    Beijocas

    ResponderExcluir
  3. Pensava que seria melhor que isso, João. Mas, ainda assim, quero vê-lo.

    Abraço!!

    ResponderExcluir
  4. Assisti "Kung Fu Hustle" e não gostei muito. Mas, seu texto me deixou curiosa em relação a essa obra mais recente do Stephen Chow.

    Bom final de semana!

    ResponderExcluir
  5. De Stephen Chow assiste apenas "Shaolin Soccer" e não gostei.
    Vou precisar deixar está péssima lembrança de lado, para assistir este novo filme dele.

    Abraço

    ResponderExcluir
  6. Eu gostei dos filmes anteriores do Stephen Chow, Kung Fu Hustle e Shaolin Soccer.
    Espero que esse também seja divertido.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  7. Não vi nenhum do Chow, sempre me pareceram meio 'toscos' assim digamos, mas com o respaldo de agora foram pra lista.
    Parece ser um filme simpático mesmo, a situação me lembrou quando o Park resolveu parar com a vingança e fez uma comédia romântica.

    Abraços tchê, té mais!!!

    ResponderExcluir
  8. Marcos - Acho que ele é tosco de proposito para criar aquela imagem caricata do genero ... pelo menos aqui ele é coadjuvante ...

    Pedro - Também pensava, porém minha irmã e uma amiga minha viram e cairam no choro dizendo ... que lindinho e blablabla

    Cecilia - O filme tem uma lição de moral batida, porém eficiente e que chegamos no final a achar o certo para as crianças de hoje ...

    Milla - Se não gostas do diretor ... veja pelo astro ... o CJ7 ...

    Ibertson - Pode se dizer que Chow é um diretor que gosta mais de brincar com os generos do que fazer algo proprio ... acho que irá chegar um ponto que essa ideia irá cansar.

    Rodrigo - creio que irá chegar no periodo das ferias aqui ... filme infantil ... bichinho bonitinho ... se fizerem um marketing legal ... quem sabe ...

    abraços

    ResponderExcluir
  9. Sou fã recente de Chow e mal posso esperar pra ver este, Shaolin e companhia limitada!

    Obrigado pelo link, friendo!

    Abraço.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas