Desejo e Reparação

Preste atenção nessa situação: menina de 13 anos que mora em uma mansão é apaixonada pelo filho da empregada da casa, porém esse rapaz é na realidade, apaixonado pela irmã da adolescente. Mas percebendo que a singela garota não podendo ficar com ele, faz de tudo para destruir e afastar o casal. Mas depois de muito tempo, percebeu que fez besteira e faz de tudo para reparar o erro. Lendo assim de cara, parece que estamos vendo aqueles casos de baixaria que passa na Márcia, Casos de Família, Ratinho e etc. Porém é base da trama de Joe Wright em seu mais novo filme, Desejo e Reparação.

Baseado no livro Reparação de Ian McEwevan, o filme conta no elenco James McAvoy, Keira Knightley, Vanessa Redgrave, Romola Garai (na moral... que nome feio da p*&¨%) e a sensação (?) Saoirse Ronan. O filme, claramente, foi indicado ao Oscar, teve oito indicações, porém só levou o premio de melhor trilha sonora e naqueles que o filme estava com força total, foi ofuscado pelos outros indicados. Porém muitos o consideram a obra prima romântica que saiu nesse século, verdade ou exagero?

Mesmo com um roteiro bem construído, mas ainda tem seus problemas como à própria história, que pareceu ter saído de um caso forjado desses programas de televisão que denegrida a imagem da família em si. Porém o plano de fundo por ser em uma Inglaterra pré-segunda guerra mundial e suas situações conseqüentes faz esquecer o que está acontecendo.

O elenco mesmo com muitos nomes femininos, James McAvoy é o grande nome do filme, com uma atuação forte em seus momentos mesmo demonstrando serenidade, é um dos grandes pontos do filme. Keira Knightley ainda continua sendo um vácuo de atriz, porém nesse filme ela teve uma noção de atuação se portando como uma dama dos anos 30 fazendo caras e bocas de filmes clássicos do cinema, pena que ela ainda precisa de aulas de como atuar de verdade.

Porém a personagem Briony que foi interpretada por três atrizes e de acordo com o tempo do filme, carrega sensações dúbias para o espectador. Para os mais sensíveis, sentiram pena pelos sentimentos dela que era “puro” como a mentalidade que ela tinha. E como contraponto, aqueles que não se deixaram se levar pelas emoções que o filme injeta para o espectador mais comum (me encaixo) sabe que o que ela fez não existiu nenhum tipo de clemência e sim o sentimento puro de maldade e inveja. Mas uma coisa é bem interessante, mesmo com trama de casos de família, ela é uma das personagens mais bem construídas do filme levando assim para ser um objeto de estudo para muitos, inclusive no âmbito jurídico sobre a conduta de personalidade que ela tem durante o filme. Porém em uma coisa é uma verdade absoluta em que todas as três atrizes encarnaram perfeitamente essa personagem tão complexa.

Na visão técnica do filme é de uma coisa de encher os olhos. Em algumas cenas a fotografia e o posicionamento dos atores para captar as sensações são de uma maestria imbatível e fora as longas tomadas que o diretor criou principalmente para a seqüência antológica da praia, que mesmo não sendo de relevância maior para a trama, é de encher os olhos. Fora isso, a trilha sonora é uma das mais curiosas que já ouvi, fazendo a junção dramática da história com o som estridente da maquina de escrever, assim merecendo o único Oscar desse filme.

Desejo e Reparação não entra na pragmática de um filme ruim, porém a base da história é sofrível e cheio de reviravoltas óbvias para o tipo de drama, mas se não fosse a sua força técnica, boas atuações e uma antológica cena da praia. o filme seria um quadro da Márcia com uma superprodução. Mas calma... é um filme que dá para assistir sem nenhum problema mas em nenhum momento irá ser uma obra-prima.

Ficha Tecnica
Desejo e Reparação (Atornement)
Diretor: Joe Wright
Elenco: James McAvoy, Keira Knightley, Romola Garai, Saoirse Ronan e Vanessa Redgrave
Gênero: Drama/Romance
Cotação: 60% - Filme Assistivel

Se Gostou Dele ... Recomendo:

Razão e Sensibilidade
Orgulho e Preconceito
Piratas do Caribe - A Maldição da Perola Negra

PS: Depolis coloco as fotos ...

Comentários

  1. Eu também não achei o filme tão maravilhoso assim, mas 60% de cotação foi bastante baixo. Eu daria nota 7.7 para o filme.
    Mas, no geral, concordo com seu texto.

    Abraço!!!

    ResponderExcluir
  2. João, já comentei com você que acho que você pega pesado com essa história de que o filme lembra um quadro de Márcia ou do Casos de Família.

    Mas, concordo quando você diz que "Atonement" é um filme que tem uma força técnica enorme. O problema maior do filme é que ele oscila bastante. O primeiro ato é excelente, o segundo mediano e o terceiro emocionante.

    ResponderExcluir
  3. Já sabe minha opinião. O considero uma obra-prima, um filme que não só me emocionou consideravelmente, mas me deslumbrou de inicio ao fim, e não só visualmente. Aspectos impecáveis como o elenco, a trilha e a montagem brilhante ajudam majestosamente. E ‘e o que eu sempre digo, resumido demais, todo caso, de todo filme, parece melodrama. Mas quando você pega a realidade, e resume a situação, igualmente parece melodrama. Ai vem à questão que o filme levanta, sobre a manipulação. Em todos os filmes, somos manipulados a acreditar em algo. A diferença ‘e que alguns fazem isto muito bem, enquanto outros fracassam na tentativa. Atonement chegou para abrir essa ferida, homenagear a forca do cinema ao mesmo tempo em que critica. A verdade ‘e que, por tr’as de todos aqueles finais felizes que recebemos, esconde uma grande tragédia. Por esses motivos e outros mais pessoais, como o fato de que deve ter sido uma das sessões mais gloriosas, visualmente e emocionalmente, dentro de uma sala de cinema, o considero um filme obrigatório, 100%.

    Ciao!

    p.s.: foi mal por ontem no msn, mas a net caiu e só voltou agora, rsrsrs.

    ResponderExcluir
  4. Já vi que só irei vê-lo em dvd mesmo... hmpf!
    Mas e aí, só na OST do Guitar Hero 3 então, hehehe. É boa mesmo, aquela do The Killers é muito tri.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  5. Pedro - Obrigado pelo mesmo compartilhamento sobre o filme.

    Kamilla - Sei que peguei mas não dá para negar, por exemplo, vi com mainha nesse final de semana, só faltei gritar o nome de ratinho o tempo todo e ps: ela adorou e ao mesmo tempo se sentiu revoltada pelo comportamento de Briony.

    Wally - poxa, não vi isso tudo não. é um bom filme porém a cotação é baixa por muitos fatores que me desagradaram que estão explicitos no texto. mas com certeza para quem viu no cinema, viu um classico propriamente dito. parabens a vc.

    Marcus - é melhor baixar, se gostar, compra... se não, um filme a mais, um filme a menos, tanto faz. e como advinhasse que estou ouvindo a trilha do GHIII ... eita intuição da porra ... eheheh
    abraços

    ResponderExcluir
  6. Faltou o clipe do velho lá. ^^
    Bom, eu gostei do filme apesar de suas falhas e daria no mínimo 70%.
    "Se gostou do filme recomendo... Piratas do Caribe"?! ¬¬'

    Abraço

    ResponderExcluir
  7. Alexsandro - é por causa da Keira ... entende ...

    ResponderExcluir
  8. João, talvez, "Desejo e Reparação" seja um filme melhor compreendido pelas mulheres. Eu não chego a ficar revoltada com a Briony, mas compreendo os atos dela, que foram frutos de falta de experiência de vida. E ela aprende isso na medida em que vai amadurecendo.

    ResponderExcluir
  9. Olha, até agora foi para mim o melhor filme lançado nos cinemas. De verdade, cara, me emocionou muito, nada soou falso, o elenco e de primeira, a direção de Wright é precisa e inovadora, o roteiro é fantástico, fora toda a reconstituição de época e trilha sonora, maravilhosas.
    Nota: 10,0 (*****)
    É, 10 mesmo. :-)
    Abraço!

    ResponderExcluir
  10. Adivinhei pelas músicas do Last-Fm, hehehe. =D
    Abs!

    ResponderExcluir
  11. A Briony não fez o que fez por maldade. Ela realmente acreditava que Robbie havia violentado sua prima, por não entender as atitudes dele em relação a Cecilia. Talvez no filme isso não esteja muito claro. Eu não reparei pois já havia lido algumas vezes o livro, em que isso fica bem claro. Briony não quer separar os dois, quer apenas punir o culpado de um crime e proteger a irmã, que adora e imagina estar sob algum tipo de ameaça de Robbie.

    ResponderExcluir
  12. A trilha foi realmente perfeita e creio que não parece "Casos de Família", etc.
    Merecia pelo menos 3 Oscars.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas