Analisando Franquias e Trilogias : Trilogia da Vingança de Chan Wook Park

Vamos conhecer uma das melhores trilogias já feitas da história do cinema e que puxa um tema que sempre é mostrado de forma caricata no cinema ... a vingança ...


Sympathy For Mr. Vengeance (Simpatia pelo Sr Vingança) - 2002

Ryu é é um surdo-mudo. Dedicado a sua irmã e trabalha em uma fábrica. Mas ele descobre que a sua irmã está muito doente e que precisa com urgência de um transplante de rim, mas ele perde o emprego e ainda pra piorar, ele tenta um rim no mercado negro, mas perde as economias, próprio rim e é enganado. E em um momento de angústia Ryu e sua namorada tiveram um plano de seqüestrar a filha de um empresario de Quatro anos. Tudo iria bem, mas acontecem alguns fatos que põem tudo a perder e a vida de Ryu vai se encontrar com a do empresario em um embate fatal.

Em Sympathy For Mr. Vengeance de Chan-Wook Park é explorado o tema da vingança e seus caminhos. O filme prova em suas situações que tudo que acontece na vida de cada personagem acontece a constante relação causa - conseqüência aonde cada ação que ocorre durante o filme terá a sua reação futuramente e com suas justificativas. Esse é o primeiro de uma trilogia que aborda o tema da vingança, mas que não é uma trilogia de personagens e sim de histórias que tem como base o tema da vingança e de suas conseqüências sempre carregados com o furor devastador.

O filme é separado em duas partes. Na primeira parte somos apresentados aos personagens principais e que são jogados cenas que de inicio tem um significado, mas quando a cena dá uma continuidade se demonstra outro sentido e que em algumas vezes se torna algo melancólico ou chocante. Na segunda parte do filme começa uma destilação de violência extrema, mas que por incrível que pareça, todos os eventos que ocorrem durante esse ato tem seus motivos. Também o filme tem cenas que impressionam pelo grau de violência que é demonstrado e que é a influencia chave para Eli Roth e sua obra O Albergue. O elenco do filme transmite emoção e arranca lagrimas em momentos de tristeza ou agonia. O roteiro é muito bem trabalhado mesmo com um erro fatal que só os olhos clínicos percebem, a trama é bem contada e que prende o espectador do inicio até o fim e principalmente as seqüências aonde Ryu protagoniza valorizando o som natural da cena juntando com o final surpreendente que só Park sabe conduzir e segurar o tempo inteiro até a sua última cena. O visual do filme é simples, mas rico em naturalidade juntando com suas cenas belas e inesquecíveis.

Um filme que nos faz refletir sobre as situações que se ocorre durante o dia-a-dia. Um filme que não tem limites nas horas extremas, um choque visual aonde a crueldade se tora algo artístico e belo. Um filme que soube bem discutir esse filme sem clichês sobre esse tema que sempre é discutido numa forma muito caricata. Park sabe e muito bem demonstrar ao publico um novo estilo de violência. Um filme que fica na sua cabeça por um longo tempo. Recomendo.



Oldboy - 2003

Oh – Deasu é um cara muito falastrão e no dia do aniversário de sua filha pequena ele é seqüestrado sem nenhum motivo aparente. Depois de 15 anos enclausurado e só, ele é solto e só tem apenas cinco dias para saber o porquê do motivo do seqüestro e claro, saciar a sua sede de vingança.

Oldboy é o segundo filme da trilogia da vingança do diretor Chan Wook Park. Já nesse filme é baseado em um mangá coreano do mesmo nome que explora a vingança, mas diferente das duas obras. Além disso, esse filme foi, para muitos, o filme que deu mais destaque ao diretor do mundo, correu o mundo ganhando prêmios e participando de festivais importantes e ganhando um dos prêmios principais dao Festival de Cannes que é o grande premio do júri . Fazendo que com as expectativas para que chegue ao Brasil se torne as melhores possíveis.

O roteiro do filme é absolutamente espetacular. Desde começo até o final é difícil saber o que vai realmente acontecer durante a trama. Aparentemente a história é jogada com várias peças separadas, mas em determinadas partes elas se juntam e fazem um dos desfechos mais espetaculares da historia do cinema oriental, fora isso, dos três filmes é o que tem mais profundidade filosófica. Os atores do filme dão atuações inesquecíveis e principalmente Choi Min-sik como o Oh – Deasu que em todo momento do filme ele consegue envolver o espectador de um jeito que a cada descoberta do filme se torna ao excitante e espetacular. A direção de Chan Wook Park mais uma vez é de uma maestria indiscutível toda a trilogia e nesse existem algumas seqüências que nunca mais sairão da cabeça do espectador.

Oldboy não é só um filme é mais uma aula de cinema oriental dado por um dos melhores diretores, ou se não o melhor, Chan Wook Park. Alem de ser uma obra viseral e inesquecível. Mas comparado aos outros dois da trilogia é o que chamamos de o mais acessível e popular do que os outros, mas não deixa de ser um belíssimo filme. É um ótimo filme mas que perde feio para os outros dois.









Sympathy For Lady Vengeance ( Simpatia Pela Lady Vingança) - 2006

Lee Guem-Ja é um anjo de pessoa, mas ela é vitima de uma chantagem, assume um crime que não cometeu, é forçada a ver a sua filha pequena sendo levada para adoção e ainda pega uma pena de 13 anos na cadeia. Durante a estadia na prisão ela planeja sua vingança contra o verdadeiro culpado e ela não poupará esforços para cumprir com o seu audacioso plano.

Fechando com sutileza e beleza lírica, Simpatia pela Lady Vingança ou se preferir Senhora Vingança (Sympahty For Lady Vengeance) , é o ultimo da trilogia da vingança feito pelo diretor Chan Wook Park. O tema da vingança é tratado em um ponto de vista feminino, da protagonista Lee Guem-Ja, protagonizado com beleza e um carisma inegável da atriz Lee Young Ae, e de como ela consegue colocar em pratica o seu plano.

Já no começo do filme somos introduzidos a uma bela e emocionante abertura aonde já percebemos que o filme não será apenas de violência e sim de exaltação ao poder feminino. Outro ponto interessante é a impecável fotografia junto com jogos de cenas inesquecíveis que demonstram a força técnica que o cinema oriental tem. O roteiro do filme não chega ser complicado como Oldboy, mas nem tão simples como Senhor Vingança apenas ele tem um lento desenvolvimento para que se conheçam os personagens que não são poucos, mas quando começa a funcionar só para na ultima cena com uma narrativa espetacular e belíssima. A trilha sonora do filme é um dos pontos altos da trama, com musicas suaves e tranqüilas, dando mais charme e beleza à jornada da heroína Guem-ja.

O único ponto fraco do filme é que se comparar aos dois filmes da vingança ele é meio fraco na parte de violência, mas nesse filme explora e muito os personagens principais e um dos finais mais belos que fecha com maestria uma trilogia que explorou sem clichês um tema tão defasado e caricato. É um ótimo filme, um filme que nós faz pensar sobre si mesmo no que somos hoje e ainda vemos como uma vingança pode ser um prato muito doce e não tão frio quanto nós pensamos ...




Melhor Filme da Trilogia : Lady Vingança
Pior Filme da Trilogia : Oldboy

Notas :
Sr. Vingança - 9,75
Oldboy - 9,5
Lady Vingança - 10,0

até mais

Comentários

  1. Amigo, que bom que vc aprecia o cinema coreano. A estética é única.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Primeira vez que entro aqui no seu blog e me deparo com uma das melhores trilogias que eu já vi em minha vida. Até hoje não consigo tirar da cabeça a cena em Oldboy em que ele come o polvo vivo! é simplesmente tudo! Uma pena que o imperialismo imposto pelo cinema norte-americano não consiga produzir trilogias com esse tipo de temática. Como disse um colega meu certa vez: o que é, de fato, excelência no mercado cinematográfico? quem determina o que um filme pode ter de bom ou ruim? Gostei muito do seu espaço. Volto aqui agora regularmente.

    (http://claque-te.blogspot.com): Vôo United 93, de Paul Greengrass.

    ResponderExcluir
  3. Você gostou mesmo desta trilogia, não?
    Tenho que rever Old Boy, comprar Zona de Risco e aguardar ansiosamente por Lady Vingança, pois você sabe o quanto adoro filmes que envolve ação protagonizados por mulheres.

    ResponderExcluir
  4. Oldboy é uma obra prima extremamente única. Exuberante, original e espetácular. Fantástico! Nota 9.0

    Mas não vi os outros, preciso ver...acho que vou alugar Zona de Risco.

    ps: sugiro que mude a parte em que coloca Oldboy como pior da trilogia...coloca como mais fraco...mas esse filme nunca será pior em nada. :)
    abraços.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas