Assalto a 13ª DP

Jake é um policial frustrado por causa de uma missão mal sucedida. Trabalha em uma delegacia decadente e que no dia da virada do ano irá fechar as suas portas. Mas por causa de uma forte tempestade, um ônibus de presos vai ter que passar uma estadia nessa delegacia. Entre os presos está Bishop, um gângster frio e matador de policiais, mas ele esconde um terrível segredo. E de invés de uma boa virada de ano, a noite se torna um pesadelo e os opostos irão unir forças para continuar vivo contra um ataque de um grupo de extermínio.

Assalto a 13ª DP é mais um remake em um ano que foi visivelmente marcado pela falta de criatividade dos cineastas americanos e não pela inovação em determinados tipos de filmes. A incrível sorte é que os melhores filmes no ano foram remakes como A Fantástica Fabrica de Chocolate, King Kong e Guerra dos Mundos. Mas mesmo assim, os piores filmes do ano também foram remakes como O Grito e o lamentável A Nevoa. E no caso desse filme, pelo menos cumpre bem o seu papel.

A trilha do filme ajuda a entrar no clima do ataque a delegacia, mas em certos momentos mal se ouve a trilha. Um bom destaque são os efeitos sonoros, nos momentos aonde as armas entram em ação o som é aterrorizante, mas ao mesmo tempo suave e incrível. O roteiro do filme não é de se esperar profundidades filosóficas, mas sim uma história simples, sem grandes reviravoltas e agrada tranqüilo um simples espectador. O elenco do filme trabalha muito bem e principalmente a dupla de protagonistas Ethan Hawke e Laurence Fishburne. Fishburne está incrível como Bishop, mas em alguns momentos nos lembramos de Morpheu de Matrix, mas o ator desequilibra e mostra por que é um dos melhores atores da atualidade. E Ethan Hawke está muito bem como o policial Jake, mas que isso fique como um alerta por que repetir um tipo de papel é muito perigoso e atrapalha uma carreira de um artista. E também já é o terceiro filme que Ethan faz um policial... Um filme seguro, um policial mesmo que previsível, é envolvente e tenso. Um remake que deu certo. E nada mais, nada menos.

8,0



Comentários

  1. É uma das duas refilmagens dos filmes de John Carpenter que funcionou (lembre-se, a segunda é o horroroso A Névoa). Não achei de todo previsível não. Chega alguns momentos que os personagens centrais vão sendo assassinados que chega um momento que não sabemos deduzir quem sairá ileso, quem morrerá. Entretenimento acima da média.

    ResponderExcluir
  2. Eu geralmente não gosto desse tipo de filme, mas esse não é o caso. Só pelo elenco já vemos que o filme tem um certo diferencial. A história também é muito competente.

    ResponderExcluir
  3. Gostei, achei um bom filme, sem exageros. Funciona sob seus próprios termos, sem dúvida, está acima da média. Bom entretenimento.

    Nota 7.0

    ResponderExcluir
  4. O original é bem superior. No entanto, esta versão é eficaz, mantendo o interesse até o final. Claro que ter bons actores também ajuda. :)

    A minha classificação: 7/10.

    Abraço.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas