Serpentes a Bordo (Snakes on A Plane)



Quando se vê um nome de um filme de imediato pode se prever do que o filme se trata, exemplos não faltam como Escravas da Vaidade, Jogos Mortais, O Massacre da Serra Elétrica e entre outros. Mas quando imagina um filme chamado Serpentes a Bordo (Snakes On A Plane, Eua, 2006) imaginamos qualquer coisa, desde uma singela força de expressão, mas o que se ver é o obvio: Serpentes a Bordo!

A história gira em torno em Sean, um jovem aventureiro que testemunha um assassinato de um fiscal morto pela Yakusa e a FBI manda o agente Nelville Flynn para proteger o garoto e para despistar os assassinos eles pegam um vôo comercial de Havaí até L.A., mas os assassinos descobrem e colocam algo inusitado dento do avião que é serpentes de todos os tipos e o que era uma viagem tranqüila se torna o maior pesadelo.

Bem, o filme por incrível que pareça ele funciona, o roteiro desse filme não é tão complicado e sim tão previsível que nem se pode cobrar alguma coisa. O filme basicamente tem uma locação que é dentro do avião e o diretor soube muito bem segurar o clima tenso e quando aparecem os “astros” do filme é que o momento que o medo se instaura, mas também o filme tem seus momentos de humor sem prejudicar o filme. Bem os atores não pedem uma atuação, mas Samuel L Jackson está mais se divertindo do que tudo, o seu personagem além de ser o melhor em cena é o mais divertido e que tira as perolas que ficaram famosas nas internet.

O que esperar nesse tipo de filme, tudo menos coisa seria, ele é eficiente no que propôs e fez isso com perfeição, colocar juntos, terror, humor, ação e diversão em 96 minutos bem distribuídos. O que pode incomodar muito é que tem muita cobra, muita mesmo, só faltando a Anaconda, mas o que o filme é uma venenosa diversão. isso ele é.

Nota : 8,5

Comentários

  1. Gostei muito de sua crítica do filme Serpentes a Bordo, especialmente as seguintes partes: "(...)mas o que se ver é o obvio: Serpentes a Bordo!"; "(...)e quando aparecem os “astros” do filme é que o momento que o medo se instaura"; "O que pode incomodar muito é que tem muita cobra, muita mesmo, só faltando a Anaconda, mas o que o filme é uma venenosa diversão."

    Continue postando sempre, porque a prática leva à perfeição!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas